Grêmio x Juventude – Ao Vivo Grátis – Ao Vivo Agora

Grêmio x Juventude – Ao Vivo Grátis - Ao Vivo Agora

Grêmio x Juventude

 

Gre-Ju é um clássico brasileiro de futebol, disputado pelas equipes de Grêmio e Juventude.Nos últimos anos tem ocorrido somente no Campeonato Gaúcho, já que o Juventude não participa da Série A do Campeonato Brasileiro desde 2007.

Grêmio x Juventude ao vivo

Apesar do primeiro jogo tenha sido em 2 de julho de 1961, numa vitória do Grêmio por 3 a 0, no Estádio Olimpico, esse confronto tornou-se um grande clássico principalmente após Juventude e Grêmio decidirem, por três vezes, o título estadual em 1996, 2001 e 2007, sempre com vitória tricolor

Pelo Campeonato Brasileiro, esse confronto ocorreu 20 vezes, com o Grêmio ganhando 12, o Juventude três (sendo duas goleadas no Olímpico) e cinco empates, com 29 gols do Grêmio e 20 do Juventude. Houve dois jogos da década de 70 (1977 e 1978), com os outros acontecendo entre 1995 e 2007.

Em 27 de novembro de 2002, numa vitória do Grêmio por um a zero, ocorreu o recorde de público no Estádio Alfredo Jaconi, com 27.740 pagantes.

Em 10 de julho de 2010, no Estádio Alfredo Jaconi, Juventude marcou um amistoso com o Grêmio para homenagear o último jogo do volante Lauro, que jogos 571 partidas com a camisa do Juventude. O jogo terminou 2 a 2.

Botafogo x Fluminense – Jogo Completo ao vivo 18/04 – HD – Campeonato Carioca 2015

Botafogo x Fluminense - Jogo Completo ao vivo 18/04 - HD - Campeonato Carioca 2015

Botafogo x Fluminense

 

Clássico Vovô é o nome pelo qual é conhecido o clássico carioca entre os clubes Fluminense e Botafogo, que se confrontam desde 22 de outubro de 1905, sendo este o grande clássico de futebol mais antigo do Brasil e o terceiro mais antigo do Continente Americano.

Botafogo-Fluminense

Introdução[editar
O nome se dá por serem os dois clubes praticantes de futebol mais antigos entre os grandes clubes do Rio de Janeiro, sendo este também o grande clássico mais antigo do Brasil, pois o seu primeiro jogo foi em 22 de outubro de 1905, amistoso que o Fluminense venceu por 6 a 0.

O Clássico Vovô é o terceiro clássico mais antigo do Continente Americano, sendo que o mais antigo é o clássico uruguaio Nacional vs. Peñarol, desde que se considere a data de fundação do Peñarol como 1891, com o nome de CURCC (Central Uruguay Railway Cricket Club), pois segundo versão do Nacional e de seus torcedores, o Peñarol só teria sido fundado em 1913, quando adotou o nome atual, não sendo segundo ela uma continuação do outro clube.

Rosario Central vs. Newell’s Old Boys é o outro mais antigo do que o Clássico Vovô, com a primeira partida tendo ocorrido em 18 de junho de 1905, embora algumas fontes argentinas não o deem tratamento de clássico no mesmo patamar do que os envolvem os chamados cinco grandes do futebol argentino, apontando o clássico entre Racing e River Plate como o primeiro deste país. Para efeito de comparação, é como só se considerassem clássicos as partidas envolvendo os 12 maiores clubes do Brasil, excluindo da lista o Atletiba ou o Ba-Vi, por exemplo.

Pesquisadores argentinos apontam 22 de abril de 1906 como a da primeira partida entre Racing e River Plate,  havendo informações não confirmadas de que isto teria acontecido em 1904. Outras fontes informam como tendo ela ocorrido em 1908, aparentemente considerando apenas o primeiro encontro oficial.

O primeiro jogo oficial foi em 13 de maio de 1906, válido pelo Campeonato Carioca e o Fluminense a ganhou por 8 a 0. Mesmo tendo passado mais de cem anos desde o primeiro encontro, o Clássico Vovô mantém inalterada a chama da rivalidade sadia acesa, vividos e sofridos por esses protagonistas com a mesma intensidade e paixão dos primórdios do futebol brasileiro, seja nas arquibancadas do Maracanã ou em qualquer ponto onde pulse um coração tricolor ou alvinegro.

Segundo o jornalista e cronista Mário Filho, o Botafogo nasceu em oposição ao Fluminense, que era considerado um clube quase inglês, defensor do modelo do “association” em detrimento ao individualismo brasileiro, e desde início do Século XX o Clássico Vovô sempre foi palco de muitas disputas, dentro e fora de campo.

Assistir Fortaleza x River ao vivo 16/04/2015

Assistir Fortaleza x River ao vivo 16 04 2015

O jogo é decisivo. De olho na vaga para a segunda fase da Copa do Brasil, Fortaleza e River-PI medem forças na Arena Castelão. Em Teresina, o Leão do Pici levou a melhor (1 a 0, gol de Cássio). Nesta quinta-feira (16), basta o empate para os donos da casa seguirem firmes no torneio. Vitória do River-PI por 1 a 0 leva o jogo para os pênaltis. Vitória piauiense por dois gols de diferença dá a vaga do River-PI. A bola rola a partir das 21h50.

 

Logotipo River/PIFortaleza: Marcelo Chamusca deve fazer algumas mudanças no time que encara o River-PI. Dudu Cearense deve voltar ao time titular. Lúcio Maranhão também pode ganhar uma nova oportunidade no ataque, assim como Bruno, na lateral esquerda, e Samuel, no meio. Com isso, o Leão do Pici deve entrar em campo com: Deola; Tinga, Lima, Adalberto e Bruno; Dudu Cearense, Corrêa, Samuel e Éverton; Lúcio Maranhão e Cassiano.

Logotipo River/PIRiver-PI: autor do gol da vitória no jogo contra o Piauí, pelo campeonato estadual, Thiago Marabá virou candidato para uma vaga entre os titulares. Treinou e recebeu elogios de Flávio Araújo, destacando o entrosamento do meia. Eduardo, afastado por um mês devido ao estiramento na coxa, retorna. O sistema de três zagueiros continua. O time deve começar com Naylson; Índio, Paulo, Rafael; Tote, Amarildo, Rogério, Thiago Dias, Marabá e Sideval; Eduardo.

Assistir Sport x Cene AO VIVO 16-04-2015

Assistir Sport x Cene AO VIVO 16-04-2015

O Sport tem a missão de virar a página. Na noite desta quinta-feira, enfrenta o Cene-MS pela Copa do Brasil ainda sob o fantasma da eliminação na Copa do Nordeste. A vitória por 2 a 1 no duelo de ida dá ao Rubro-negro o direito de qualquer empate – e até de uma derrota por 1 a 0.
A bola rola às 22h, na Ilha do Retiro.

Além da conquista da vaga para a segunda fase, a ideia é ganhar moral para a semifinal do Pernambucano, contra o Salgueiro, neste domingo. Para a equipe sul-mato-grossense, o duelo vale o semestre. Caso seja eliminado, o Furacão Amarelo só voltará a atuar pela Série D.
Para apagar as lembranças da derrota para o Bahia, no último domingo, Eduardo Baptista escalou força máxima. Preocupado não só em classificar-se, mas também convencer, o treinador mudou todo o ataque, com Felipe Azevedo e Joelinton.
Para escapar do recesso precoce, o time comandado por Denilson Rafaine aposta na juventude. Pelo menos quatro jogadores do Cene-MS com até 20 anos devem iniciar a partida.

Logotipo CENE/MSSport: Sem poder contar com Diego Souza, suspenso, o técnico Eduardo Baptista decidiu mexer em todo o sistema ofensivo. Além de Régis, que substitui o camisa 87, Felipe Azevedo e Joelinton voltam ao time. Com isso, o Sport entra em campo com Magrão; Vítor, Oswaldo, Durval e Renê; Wendel, Rithely, Régis, Élber e Felipe Azevedo; Joelinton.

Logotipo CENE/MSCene-MS: Apostando em uma equipe formada por jovens, o técnico Denilson Rafaine escalou o Cene-MS com Guilherme; Cafu, Saulo, Lennon (ou Naka), Wesley; Buru, Márcio, Igor, Tiaguinho; Alexandro Coruja (ou Tevez), Júnior Prego. Técnico: Denilson Rafaine

Assistir Universidad de Chile x Internacional ao vivo 16/04/2015

Assistir Universidad de Chile x Internacional ao vivo 16-04-2015

A noite será de emoções para Aránguiz. Recuperado da lesão no joelho esquerdo, o chileno volta ao time do Inter após quase um mês. E justamente contra a Universidad de Chile, em que ganhou os holofotes e chamou a atenção do Colorado. A idolatria pelo volante é tamanha que a imprensa local espera uma ovação assim que ele entrar no gramado do Estádio Nacional. O que não significa trégua ao camisa 20. Sua missão será estragar a festa dos chilenos a partir das 22h (horário de Brasília) desta quinta-feira, quando tentará ajudar os gaúchos a encaminhar a classificação às oitavas de final da Libertadores.

Aguirre teve problemas para montar o Inter. A lateral direita é o grande entrave. O uruguaio perdeu Léo e Cláudio Winck, lesionados. William, que os tem substituído no Gauchão, não está inscrito na Libertadores. Assim, Ernando foi improvisado no setor. A defesa também foi alterada. Trazido para ser o xerifão, Réver perdeu a vaga para Alan Costa, que será o parceiro de Juan. Na lateral esquerda, após a saída de Fabrício, Geferson ganhou a função. No ataque, a esperança de gols recai sobre Nilmar, que busca embalar na temporada. Até o momento, só balançou as redes em uma oportunidade.
O momento delicado da La U na Libertadores contrasta com a atual fase da equipe, que vem de três vitórias consecutivas pelo Campeonato Chileno. O motivo para essa retomada tem como principal responsável Gustavo Canales. O atacante marcou seis gols nos últimos três jogos (dois contra o Palestino, três diante da Universidad Católica e sobre o Cobreloa). O bom momento faz o técnico Martin Lasarte repetir a equipe pela terceira vez seguida.

Universidad de Chile: Jhonny Herrera, Mathias Corujo, Osvaldo Gonzalez, Jose Rojas, Paulo Magalhães; Guzman Pereira, Sebastian Martinez; Gustavo Lorenzetti; Sebastian Ubilla, Gustavo Canales e Maxi Rodriguez.

Inter: Alisson, Ernando, Alan Costa, Juan e Geferson; Rodrigo Dourado, Aránguiz, Jorge Henrique, D’Alessandro e Eduardo Sasha; Nilmar.



Broadcast live streaming video on Ustream

Corinthians x San Lorenzo Libertadores – AO VIVO

Corinthians x San Lorenzo Libertadores - AO VIVO

Corinthians x San Lorenzo Libertadores - AO VIVO

Corinthians x San Lorenzo
Corinthians x San Lorenzo ao vivo
Corinthians x San Lorenzo hd ao vivo
assistir Corinthians x San Lorenzo
assistir Corinthians x San Lorenzo hd ao vivo
assistir Corinthians x San Lorenzo hd
assistir jogo do Corinthians ao vivo
assistir jogo do Corinthians online
assistir Libertadores ao vivo
assistir fox sports ao vivo
assistir sportv ao vivo
assistir futebol ao vivo
futebol ao vivo
futebol online
corinthians ao vivo
corinthians online
O ambiente está a favor, a campanha na atual edição da Libertadores também. O Corinthians só precisa de um empate nesta quinta-feira, às 22h (horário de Brasília), contra o San Lorenzo, para se garantir nas oitavas de final da competição. Os argentinos, por outro lado, querem se manter vivos na disputa pela segunda vaga do Grupo 2.
A expectativa é de quebra de recorde de público na Arena Corinthians – contando só os jogos do Timão. O estádio que tem virado um caldeirão durante a Libertadores deve receber mais de 39 mil pessoas – ingressos já vendidos. O atual recorde é de Corinthians 2 x 0 São Paulo, na abertura da fase de grupos: 38.471 pagantes.
O San Lorenzo é líder do Campeonato Argentino e quer levar a boa fase à arena para tentar surpreender o Timão e entrar como favorito à vaga na última rodada, quando Corinthians e São Paulo se enfrentam, e o Ciclón recebe o eliminado Danubio em Buenos Aires.
A arbitragem será formada por três peruanos. O árbitro principal será Victor Carrillo, auxiliado por Cesar Escano e Braulio Cornejo.
Corinthians: depois de ter dúvidas sobre qual escalação levaria a campo, Tite decidiu jogar com força máxima. O Timão começa o duelo com Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson; Vagner Love.

San Lorenzo: com elenco praticamente completo à disposição, o técnico Edgardo Bauza vai escalar o time-base da Libertadores, com Torrico, Buffarini, Caruzzo, Yepes e Más; Ortigoza e Mercier; Villalba, Romagnoli e Blanco; Mauro Matos.

Broadcast live streaming video on Ustream

AO VIVO BAHIA X NACIONAL-AM AO VIVO HD 16/04

 

AO VIVO BAHIA X NACIONAL-AM AO VIVO HD 16-04

Bahia e Nacional-AM tentam repetir na Copa do Brasil o bom momento que vivem nos respectivos estaduais. A um passo da final do Baianão e com vaga garantida na decisão da Copa do Nordeste, os baianos recebem o Naça, líder isolado do Amazonense, na Arena Fonte Nova, em duelo marcado para esta quinta-feira, às 19h30 (horário de Brasília). Como o confronto de ida terminou empatado sem gols, avança no torneio nacional quem conseguir um triunfo simples. Caso o placar da primeira partida se repita, a decisão vai para os pênaltis; empate com gols dá a vaga ao Nacional. O duelo terá arbitragem de Felipe Duarte Varejão, auxiliado por Fabio Faustino dos Santos e Carlos Eduardo do Rosário Depizzol. O GloboEsporte.com acompanha a partida em Tempo Real a partir das 19h. Bahia: o técnico Sérgio Soares fechou o último treino antes da partida e não divulgou o time que começa jogando contra o Nacional. Espera-se que a base da equipe titular seja mantida, com as entradas do atacante Zé Roberto e do lateral Eder. O Bahia deve jogar com Douglas Pires; Eder, Titi, Thales e Carlos; Wilson Pittoni, Tiago Real e Souza; Maxi Biancucchi, Kieza e Zé Roberto. Nacional-AM: o técnico Aderbal Lana deve montar um time no 3-5-1-1, com variação para o 4-4-1-1 com o seguintes jogadores: Rodrigo Ramos; Mauricio Leal, Kelvin e Robinho; Peter, João Rodrigo, Denis e Lidio e Bruno Potiguar (Railson); Fininho; e Leonardo.

FEIXE OS “X” E ASSISTA TUDO AO VIVO

Assistir Botafogo x Fluminense AO VIVO ONLINE 18-04-2015

Assistir Madureira x Fluminense AO VIVO ONLINE 08-04-2015
Assistir Botafogo x Fluminense AO VIVO ONLINE 18-04-2015

Fluminense x Botafogo AO VIVO

 

Fluminense Football Club é uma agremiação poliesportiva e cultural sediada na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, fundada em 21 de julho de 1902.

É uma sociedade civil de caráter desportivo que tem como principal atividade o futebol, tendo sido o primeiro colocado do Ranking da CBF em 2013, quinto em 2014 e oitavo em 2015.

Quando Oscar Alfredo Cox fundou o Fluminense Football Club em 21 de julho de 1902, em uma casa localizada no número 51 da Rua Marquês de Abrantes, no Flamengo, não poderia imaginar que um clube marcado pela aristocracia logo cairia no gosto popular. Desde os seus primórdios, o Tricolor teve, entre seus sócios e frequentadores, representantes das famílias mais tradicionais do Rio de Janeiro. Há várias décadas, o clube se mantém entre as 12 maiores torcidas de um país com tamanho continental. A sua sede em estilo neoclássico, situada no bairro Laranjeiras, é famosa.

O Fluminense foi a primeira associação fundada para a prática do futebol que prosperou no Estado do Rio de Janeiro, sendo também o decano dos grandes clubes brasileiros, inspirando a criação de vários clubes de futebol com o seu nome, no Brasil e no exterior. Tem atualmente em sua camisa as cores encarnado, branco e verde. As cores originais do time eram o branco e o cinza, esse padrão inicial durou apenas alguns anos, como será explicado a seguir.

Em 15 de julho de 1904, após leitura de carta de Oscar Cox e Mário Rocha, enviada da Inglaterra, na Assembleia Geral Extraordinária, o Fluminense trocou a camisa anterior, de cor cinza e branco, pela tricolor, devido à impossibilidade de conseguir tecido na cor cinza, porque ele existia em pouca quantidade no mercado. Então foram sugeridas as cores encarnado, branco e verde, a indicação foi posta em votação e aceita de imediato.

A equipe que conquistou o primeiro Campeonato Carioca, em 1906.

Apesar dos inúmeros serviços prestados ao esporte e à cultura do país, foram as grandes conquistas nos gramados que alçaram o Fluminense à lista de um dos clubes mais populares do Brasil. Quando o futebol ainda engatinhava no país, o clube consolidou sua condição de elite esportiva com o tetracampeonato estadual 1906-1909, alcançando o tricampeonato em 1917-1919, época em que o futebol do eixo Rio-São Paulo começava a atrair públicos relevantes.

O Fluminense se desprendeu da condição de ser um clube apenas da elite a partir da primeira metade da década de 1920, quando o futebol brasileiro finalmente penetrou na cultura das camadas mais populares da sociedade, tendo sido o principal baluarte na luta pela profissionalização do futebol brasileiro em 1933, deixando de restringir o futebol aos associados ou aos falsos amadores de alguns clubes, que praticavam o então chamado “profissionalismo marrom”.

1 2 3 6